';
Páginas de Empresa LinkedIn: porque deve ter?

Páginas de Empresa LinkedIn: porque deve ter?

Notícias

Lançado em 2003, o LinkedIn é a maior rede social profissional, direcionada para a criação de redes de networking profissional nas mais diversas áreas profissionais. Atualmente, conta com mais de 700 milhões de utilizadores em todo o mundo, apresentando diversas vantagens não só para o profissional, como para as empresas.

No artigo de hoje iremos focar-nos na componente empresarial da rede, dando-lhe a conhecer quais os 3 principais motivos que realçam a importância da criação da página de LinkedIn da sua empresa.

 

Promoção da Empresa

Ao contrário do seu perfil pessoal, a página da empresa é totalmente pública. Isto significa que todas as suas atividades estarão disponíveis para todos os utilizadores da plataforma, sendo facilmente encontrada nos resultados de pesquisa.

Para além de preencher os dados básicos da página, como o nome da empresa, colocar o logotipo, indicação do setor de atividade, tamanho e tipo de empresa, deve personalizar o máximo possível a sua página. Estas são informações adicionais que pode, e deve, fornecer, para personalizar a sua página e dizer mais sobre si:

  • Utilize uma foto de capa. Esta foto deve mostrar algo que seja relacionado com a sua empresa (como por exemplo o seu logotipo acompanhado do seu slogan) ou com a sua área de atividade;
  • Personalize o botão do título. Nesta opção, pode colocar um nome que promova uma ação do utilizador, como por exemplo “saiba mais”, “visite o site” ou “contacte-nos”.
  • Coloque a descrição da sua empresa. Este é um ponto essencial no perfil de LinkedIn de qualquer empresa. Descreva sumariamente, mas de forma clara e concisa, o que faz e qual é a sua proposta de valor.
  • Adicione um hashtag. O LinkedIn permite-lhe adicionar até três hashtags sobre o seu negócio. Tenha em atenção que deve escolher hashtags que sejam relevantes para o seu negócio.
Posicione-se como especialista no seu setor

Como já referimos em artigos anteriores, o Marketing de Conteúdo é uma das estratégias de Inbound marketing mais relevante quando falamos na atração de novos leads.

Há diversos tipos de formatos de partilha de conteúdo no LinkedIn, mas estes são os que possuem um melhor desempenho a nível de engagement com a audiência:

  • Texto simples, que pode incluir hashtags e menções;
  • Texto + imagens (limite de 9 imagens);
  • Sondagens – este tipo de conteúdo estimula e aumenta a relevância da publicação;
  • Vídeos nativos – já sabemos que o formato de vídeo está cada vez mais destacado, principalmente os de curta duração. O vídeo nativo é um conteúdo totalmente orgânico, não se recorrendo a qualquer tipo de publicidade para que apareça nos feed de notícias dos utilizadores.

 

 Analise os seus resultados

Ao contrário dos perfis pessoais, na página da sua empresa pode analisar o desempenho das suas publicações e obter dados relativos ao número de impressões, cliques e quantas (gostos, comentários, etc.) teve a sua publicação.

Para além desta análise, pode também analisar a evolução do número de visitantes da página, seguidores e também a sua concorrência, algo que é bastante importante monitorizar regularmente.

 

Para terminar em bom, deixamos-lhe o nosso Webinar sobre o LinkedIn, com a participação especial do Pedro Caramez.

FacebookInstagramLinkedINTwitterYouTube

4.9 101 reviews