';
A cor no Design: qual a sua importância

A cor no Design: qual a sua importância?

Notícias

A cor está presente nas nossas vidas, em todos os dias e a todo o momento, em qualquer que seja a direção em que olhemos. Para além de ser fundamental no dia a dia, desempenha um papel muito importante no que diz respeito ao design.

As cores são capazes de nos fazer sentir de diferentes formas, expressar emoções ou estados de espírito, alertar-nos de perigos, passar-nos informações sobre determinados objetos e até mesmo fazer-nos tomar decisões no nosso dia a dia, por isso, no design, é fundamental compreender a teoria das cores para que possamos chamar a atenção dos utilizadores para um determinado detalhe, para atribuir diferentes significados às coisas e passar mensagens de forma mais eficaz, combinando e utilizando as cores de uma forma mais consciente e harmoniosa.

Fonte: pexels.com
Mas afinal o que é a cor?

A cor nada mais é do que uma propriedade do que nós vemos quando os nossos olhos entram em contacto com a luz e outros objetos. De uma forma resumida, a cor surge quando a luz emitida atinge um objeto e é absorvida e/ou refletida de volta para os nossos olhos. A luz é emitida em formato de onda e quando diferentes comprimentos de onda são absorvidos pelos objetos e chegam aos nossos olhos, nós vemos aquilo a que chamamos de cor (cada cor possui um comprimento de onda diferente, por esse motivo, somos capazes de distinguir diferentes cores).

Ao compreender os princípios básicos da luz e da cor, conseguimos perceber melhor como é que as cores se comportam nos diferentes tipos de media, estejam elas presentes em imagens digitais, impressões ou em qualquer outro tipo de media disponível.

RGB vs CMYK

Embora ambos sejam utilizados no design, o modo de cor RGB é o melhor a ser utilizado quando realizamos trabalhos digitais, uma vez que, os dispositivos móveis, monitores e televisões, utilizam este modo de cor (fonte de luz dos ecrãs cria todas as cores misturando as cores vermelho, azul e verde). No entanto, quando falamos em trabalhos que serão impressos, como por exemplo, cartões de visita ou flyers, o CMYK passa a ser o sistema de cor mais indicado, já que as impressoras utilizam este modo de cor para imprimir (impressora mistura as cores ciano, magenta, amarelo e preto variando as diferentes quantidades de cada tinta).

Fonte: dribble.com

 

Cores e Significados

Ao longo dos anos fomos atribuindo automaticamente diferentes significados às cores e esses significados podem ser diferentes dependendo do país e da cultura. Como já referimos anteriormente, as cores podem transmitir diferentes mensagens e sentimentos, por isso, quando um designer executa um trabalho deve estar ciente de que a sua escolha de cores irá afetar a forma como o utilizador se sente em relação ao que vê.

Significados mais comuns das cores:

Harmonia das Cores

Às vezes referimo-nos às cores como sendo quentes ou frias, isto acontece, porque psicologicamente, associamos o calor a cores como por exemplo, o amarelo, o laranja e o vermelho, e associamos as cores como o verde, azul ou roxo ao frio.

No design, ao utilizarmos cores similares, conseguimos criar uma imagem com cores uniformes, que combinam bem entre si. Harmonia das cores, é então o equilíbrio que existe entre as cores escolhidas.

Existem inúmeras harmonias de cor que podem ser utilizadas no design para o tornar visualmente mais atraente e eficaz, sendo as mais comuns:

Existem ferramentas que tornam a escolha de cores mais fácil, como por exemplo, a roda de cores, que nos ajuda a escolher harmonias a partir de uma determinada cor. Basta selecionar a cor e o tipo de harmonia pretendido. Um excelente exemplo desta ferramenta pode ser encontrado online, no site adobe color.

Então, podemos concluir que antes de escolher as cores, devemos começar por pensar na mensagem que queremos transmitir. Após definir o propósito, é mais fácil escolher uma combinação de cores que nos ajudará a transmitir a mensagem de uma forma mais eficaz.

FacebookInstagramLinkedINTwitterYouTube

4.9 101 reviews